23 de agosto de 2016

Lançada licitação para pavimentação da estrada do Quicé

Foto: Ulgo Oliveira
O edital para as obras de pavimentação asfáltica da estrada entre a BR 407 e o distrito de Quicé foi publicado nesta terça-feira (23) no Diário Oficial do Estado. O início do processo de licitação, autorizado pelo Governador Rui Costa, foi comemorado por Carlos Brasileiro, que, quando deputado estadual, apresentou indicações ao governo para a realização dos serviços. Serão 17,5 quilômetros de estrada totalmente asfaltada, após investimentos da ordem de R$ 8,8 milhões.
No ato de lançamento do edital, na Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra), no Centro Administrativo da Bahia, em Salvador, além do secretário Marcus Cavalcanti, estavam presentes o secretário estadual de Relações Institucionais, Josias Gomes; o deputado estadual Bobô e o assessor do governador, Benito Brasileiro.
Carlos Brasileiro destacou que a pavimentação possibilitará a melhoria das condições de tráfego de veículos para transporte de passageiros e escoamento das produções de minério, agricultura e pecuária da região. “Também facilitará o acesso ao futuro Aeroporto de Bonfim, que está em processo de implantação nesta região do município. Trata-se de um equipamento importante, que vamos concretizar nos próximos anos”, afirmou. As propostas das empresas interessadas na realização da obra serão abertas no dia 22 de setembro.
Quando deputado estadual, Brasileiro lutou para a concretização desta importante obra, e apresentou duas indicações ao governo estadual para realização da pavimentação da estrada. A primeira foi em maio de 2012 e a segunda em junho de 2013. Ele destacou a continuidade do trabalho e a parceria com o deputado Bobô, cujo mandato incorporou esta luta e também apresentou indicações ao governo para concretização dos serviços .  
Brasileiro enfatizou a importância do distrito de Quicé, que é grande produtora de leite e produtos derivados. Também se destaca pela piscicultura e é referência na criação de rebanho bovino com genética melhorada da raça Girolando e de rebanho ovino da raça Dorper. “É uma região de Bonfim que precisa ser olhada com muita atenção pela capacidade produtiva. Com incentivo, poderá gerar ainda mais oportunidade para muitos bonfinenses”, afirmou Brasileiro.