16 de novembro de 2015

Vara Crime de Bonfim amplia distribuição de recursos para projetos sociais

Quatro instituições sociais, sem fins lucrativos, foram beneficiadas com recursos oriundos de prestações pecuniárias da Vara Crime e de Execuções Penais da Comarca de Senhor do Bonfim, este ano. Elas foram selecionadas pela unidade judicial a fim de receber valores para financiamento de projetos, conforme dispõe o Provimento Conjunto CGJ/CCI - 012/2013, das corregedorias Geral de Justiça e das Comarcas do Interior.

Segundo o Provimento, os valores depositados, quando não destinados às vítimas ou aos seus dependentes, serão destinados à entidade pública ou privada com finalidade social, previamente conveniada, ou para atividades de caráter essencial à segurança pública, educação e saúde. Ainda este ano, a Vara Crime e de Execuções Penais de Senhor do Bonfim pretende lançar um novo edital para destinação de mais recursos para a área social.

Nesta primeira seleção, aberta em novembro de 2014, onze instituições sediadas em cidades pertencentes à comarca se inscreveram. No entanto, apenas quatro cumpriram com todos os requisitos.


Projetos
- A Associação de Promoção e Apoio Integral ao Indivíduo Comunidade Terapêutica Ebenezer recebeu o valor de R$ 12.530 para a aquisição de equipamentos de marcenaria para a implantação de uma nova oficina de capacitação e qualificação profissional. A instituição atende cerca de 40 usuários de substâncias psicoativas em situação de vulnerabilidade social.

- A Associação de Equoterapia de Senhor do Bonfim, que trabalha com crianças e adolescentes com paralisia cerebral, autismo e Síndrome de Down, investiu R$ 8.861 na compra de equipamentos especializados. A associação utiliza método terapêutico e educacional nas áreas de equoterapia, fisioterapia e fonoaudiologia.

- Já a Associação dos Moradores e Plantadores de Frutas e Hortifruti da Fazenda Barroca de Cima e Adjacências foi beneficiada com o projeto de aquisição de 18 barracas padronizadas, para a comercialização de produtos orgânicos, no valor de R$ 14.400. São famílias que vivem do cultivo de frutas e hortifrutigranjeiros de forma artesanal e orgânica.

- A Sociedade Filarmônica União dos Ferroviários Bonfinenses recebeu recursos para a realização de dez apresentações da banda de música da filarmônica. Com a divulgação do trabalho, a instituição pretende despertar o interesse dos jovens no estudo e formação na linguagem musical. O montante recebido foi de R$ 10.486.