31 de agosto de 2015

Transferência de carro usado vai ficar mais fácil e R$ 980 mais barata

O governo federal anunciou nesta segunda-feira um plano para simplificar a compra e venda de carros usados por lojas e concessionárias. Além disso, o processo de transferência do veículo deve ficar R$ 980 mais barato. A medida foi batizada de Renave (Registro Nacional de Veículos em Estoque) e entra em vigor em março. O custo da transferência deve cair de R$ 1.500 para R$ 520, e o governo estima que isso gere uma economia de R$ 6,5 bilhões ao ano.

A ideia é que essa redução de valor seja repassada aos consumidores, segundo o presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), Luiz Moan Yabiku Junior. Atualmente, a transferência do carro usado precisa ser marcada no livro de registro de estoque da loja e, depois, esses dados são repassados ao Denatran (Departamento Nacional de Trânsito).

Com a mudança, as lojas, revendas e concessionárias poderão fazer esse registro de entrada e saída de veículos em estoque por meio eletrônico, via computador, diretamente no órgão responsável pelo licenciamento. Quando a concessionária emitir a nota fiscal, esses dados vão diretamente para o Denatran, e o carro passa a ser desvinculado do antigo dono na hora. O registro eletrônico passará a comprovar a transferência dos veículos. (Uol)