12 de junho de 2015

Prefeito sofre derrota na Câmara e professores conseguem reajuste de 5%

Professores e servidores lotaram galeria

O governo municipal de Senhor do Bonfim sofreu uma derrota, ontem (11), na Câmara de Vereadores, quando da aprovação do Projeto de Lei nº 015/2015, do Executivo, de reajuste de salários dos servidores. Numa reviravolta, e com a apoio da vereadora Lúcia Cerqueira, que faz parte da bancada que apoia o prefeito, a oposição conseguiu emplacar uma emenda, concedendo um reajuste de 5% aos professores do município. Pela proposta do prefeito Edvaldo Correia, os docentes receberiam um ajuste de apenas 2% nos salários. 

Pela proposta encaminhada pelo governo municipal, os servidores de áreas como Administração e Infraestrutura receberiam reajuste de 5% e os professores 2%. Já os comissionados, com cargo de confiança, não teriam reajuste. A Prefeitura não teria cumprido o acordo com a Associação dos Docentes (Adesb), de incremento de 3%, o que gerou conflito e discussões acirradas. A oposição, formada pelos vereadores Ivan Barbosa, Biro-Biro, Bel, Dr. Jorginho, Mário Jambeiro e Rê do Sindicato apresentaram emenda para elevar o reajuste para 5%, proposta esta que contou com o apoio da vereadora governista Lúcia Cerqueira.

O prefeito Correia pode vetar a proposta com a emenda. Mas, se isto ocorrer, ela retornará à Câmara de Vereadores para que o veto seja mantido ou derrubado, necessitando apenas os mesmos 7 votos para manter o que foi aprovado ontem.