18 de junho de 2015

Bonfim fica em 4.679º em gestão pública entre 5,2 mil municípios do país

Senhor do Bonfim está na 4.679ª posição no país e 276ª na Bahia em gestão pública. Os dados fazem parte do Índice FIRJAN de Gestão Fiscal (IFGF) 2015, divulgados nesta quinta-feira (18), e resultou da avaliação de 5.243 municípios em todo o Brasil. Bonfim ficou com uma pontuação de 0.2680, considerada como gestão crítica, após desabar em indicadores que analisam gasto com pessoal na administração municipal, receita própria da prefeitura, investimento e liquidez.

O Índice FIRJAN de Gestão Fiscal 2015 tem como referência os dados financeiros do ano de 2013. Ele é construído a partir dos resultados fiscais das próprias prefeituras – informações de declaração obrigatória e disponibilizadas anualmente pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Com os dados, os municípios recebem uma pontuação levando em conta Receita Própria, Gastos com Pessoal, Investimentos, Liquidez e Custo da Dívida, analisando se a gestão pública é eficiente e democrática.

Na Bahia, o município com melhor índice foi Camaçari, com 0.7268, considerado de boa gestão. Também são considerados municípios com boa gestão fiscal cidades como Mata de São João, Feira de Santana, Salvador, São Desidério, Santo Antônio de Jesus, Brumado e Cairú. Na região, destaque para Antônio Gonçalves, que ficou na 26ª colocação na Bahia, e Jaguarari, na 52ª.



CLIQUE AQUI E CONFIRA OS DADOS DA PESQUISA EM BONFIM