13 de maio de 2015

Pais são suspeitos de vender filhos gêmeos por R$ 7 mil

Duas crianças recém-nascidas, irmãos gêmeos, foram entregues à Justiça de Itapetinga, no centro sul da Bahia, após denúncia de adoção irregular. Segundo informações do Conselho Tutelar do município, os pais biológicos das crianças são suspeitos de ter vendido os filhos para uma família de Eunápolis, município do sul baiano.

De acordo com o conselheiro tutelar Elias Sampaio, a denúncia, feita sob anonimato, apontou que os pais biológicos desejavam repassar os gêmeos para a família por R$ 7 mil; além disso, eles foram denunciados por maus-tratos aos outros filhos. O Conselho apurou a denúncia no dia 30 de abril, mas não confirmou os maus tratos.

Ainda de acordo com Sampaio, a transferência para a família aconteceu no sábado (9), quando um avião de táxi aéreo pousou na pista do aeroporto de Itapetinga com destino a Eunápolis. Os irmãos teriam sido entregues pela avó materna. A Polícia Militar foi acionada e no mesmo dia localizou as crianças. Elas foram entregues à Vara da Infância de Itapetinga na última segunda-feira (11). Segundo informações do Conselho Tutelar, os pais alegam que o plano de vender os filhos teria sido ideia da avó materna. (Correio)