4 de dezembro de 2014

Maioria dos vereadores rejeita projeto e prefeito Correia sofre derrota na Câmara

A situação ficou complicada para o prefeito de Bonfim, Edivaldo Correia, na Câmara Municipal. Desta vez, o vereador Chocolate (PP) dá sinais de rebelião na bancada governista. Com o seu voto contrário, a reforma do Código Tributário Municipal, proposta pelo Executivo, foi reprovada em votação na noite desta quinta-feira (05). A proposta não obteve maioria - como necessitava para ser aprovado -, e houve empate em 6x6, com abstenção do vereador Rê do Sindicato.

A rejeição pegou de surpresa o governo municipal, que dava como certa a aprovação do projeto. Não imaginava o voto contrário do vereador Chocolate. "Não houve tempo para se discutir e a sociedade não sabe o que vai acontecer. Perguntei a muitos se sabiam o que era Código Tributário, e poucos sabiam. A população também questionou se eu votaria num projeto que aumentaria os impostos", afirmou Chocolate.


O vereador Helson Carvalho defendeu a aprovação do novo Código proposto pela Prefeitura. "Este Código tem, salvo engano, nove anos que não é atualizado. E tudo que tem é atualizado, assim como o reajuste do salário, da água, da energia, da escola, de tudo que compramos. Temos que ter o reajuste do código tributário, pois se não votarmos a favor não estamos querendo uma cidade melhor", afirmou Helson. Mas, ele foi voto vencido.