4 de novembro de 2014

Justiça Trabalhista em Bonfim já conta com Sistema de Processo Eletrônico

A Justiça do Trabalho em Senhor do Bonfim já conta com Sistema de Processo Judicial Eletrônico - PJe-JT. Ele foi implantado pelo presidente do TRT5, desembargador Valtércio de Olilveira. Segundo o titular da Vara, juiz André Neves, a implantação do PJe-JT é um movimento revolucionário. E aponta que se 'antes tudo que não estava nos autos não estava no mundo, com a virtualização passa a ser mais ou menos assim: tudo que está no mundo virtual está nos autos'. E complementa que 'deixam de existir provas físicas para serem virtuais agora, como os antigos cartões de ponto em papel que passaram em muitas empresas para o formato eletrônico'.

A coordenadora do Comitê Regional de Implantação do novo sistema, desembargadora Dalila Andrade, falou que o sistema já é uma realidade em 70% das varas da Bahia beneficiando não apenas cidadãos, mas também aos advogados que atuam na jurisdição compreendida pelas cidades de Andorinhas, Antônio Gonçalves, Campo Formoso, Filadélfia, Itiúba,Jaguarari, Pindobaçu e Ponto Novo. O advogado Antônio Campos, que ingressou com a primeira ação, afirmou que espera que o novo sistema realmente contribua para a agilidade dos processos, e destacou: 'nunca pensei que chegássemos ao ponto de termos nas nuvens o local mais seguro para os arquivos', referindo ao termo utilizado pela tecnologia da informação.

O presidente encerrou a cerimônia ressaltando que 'o PJe-JT é o futuro, um sonho ideal de justiça tornando mais fácil o acesso do jurisdicionado'. Segundo ele, o sistema traz melhorias substanciais relativas à celeridade do processo: 'Ele vem sendo a cada dia aperfeiçoado. Louvo o trabalho desenvolvido pela desembargadora Dalila Andrade, por Cláudia Jorge, diretora da Setic, e também pelo desembargador Jeferson Muricy, presidente da Comissão de Informática. Sonhamos com uma justiça mais rápida e mais célere, e já estamos neste caminho'. Também ressaltou o fato de o advogado autor da primeira ação do PJe, Antônio Campos, ser o mesmo que ingressou com a primeira ação na Vara do Trabalho de Senhor do Bonfim, em 1978.