6 de outubro de 2014

Rui Costa afirma que saúde será prioridade

Eleito no primeiro turno para o governo do estado, Rui Costa (PT) preferiu não falar sobre a transição durante o discurso da vitória. “Me deixem ter pelo menos um diazinho para comemorar”, desconversou. No entanto, elencou as prioridades e desafios para sua gestão. Em especial, saúde, educação e políticas de inclusão social.

“O desafio é atender à expectativa do povo da Bahia, trabalhar duro, firme. E continuar o processo de inclusão social, de melhoria da qualidade de vida do povo, de transformar esse estado em um estado moderno, que dê oportunidade ao seu povo”, declarou. Rui disse que, ao final de quatro anos, quer ter uma Bahia com condições de atrair empresas e empregos. “Não com a guerra fiscal, mas com infraestrutura e logística”, complementou. O petista disse ainda ter projetos específicos para Salvador.

“O governador Wagner me deu uma grande oportunidade. Eu vou fazer investimentos na cidade, inclusive nos bairros populares. Eu criei um programa, Bairro da Gente, onde eu quero entrar e fazer a infraestrutura desses bairros. As pessoas precisam melhorar sua condição de vida”, afirmou Rui, evitando falar sobre como será o relacionamento com o prefeito ACM Neto (DEM).

Questionado sobre o que espera fazer de diferente em relação aos dois mandatos de Jaques Wagner, Rui manteve o discursos adotado por ele e o governador ao longo da campanha - o de fazer uma gestão melhor do que a do principal apoiador de sua campanha. O governador eleito falou em ampliar projetos para o semiárido, educação e, sobretudo, saúde.

“Cada governo responde a um momento histórico e a um desafio socioeconômico da época. Os desafios mudam, mas eu diria que a grande tarefa é oferecer uma saúde melhor para a população e mais oportunidade para o povo”. Wagner destacou que a experiência que Rui Costa conquistou no secretariado - Relações Institucionais e Casa Civil - o credencia para o desafio de o suceder. “Ele errou comigo no primeiro governo do PT na Bahia, não vai errar mais. Acertou comigo e vai aprofundar esses acertos agora”, afirmou Wagner, no Palácio de Ondina.