3 de setembro de 2014

'Nova aventura' não faria bem ao país, diz Aécio Neves

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, disse em entrevista à rádio CBN nesta quarta-feira (3) que a candidatura de Marina Silva, sua adversária na disputa, possui "contradições" e que o país "não aguenta uma incerteza em seu horizonte, uma nova aventura". Aécio deu a declaração ao ser questionado sobre o desempenho de Marina nas pesquisas eleitorais. A candidata do PSB aparece no último levantamento do instituto Datafolha com 34% das intenções de voto, o mesmo número da presidente Dilma Rousseff. Aécio tem 15%. 


"A candidatura de Marina tem suas virtudes, eu as respeito, mas traz também um conjunto de contradições muito grandes, ela fez toda a sua trajetória política no PT [...] O Brasil não aguenta uma incerteza no seu horizonte, uma nova aventura", afirmou. Aécio reconheceu que, com a morte de Eduardo Campos e a substituição do então candidato por Marina Silva, surgiu um novo cenário eleitoral. Ele disse que Marina tem "potencialidade", mas ressaltou que a candidata precisa explicar "com clareza" o que significaria um eventual governo do PSB.