5 de novembro de 2013

Servidores podem parar prefeitura em função de atrasos nos salários


Os diretores do Sindicato dos Servidores Municipais de Sr. do Bonfim (Sismusb), Sônia Lúcia – Presidente - e Raimundo Nonato – vice, concederam entrevista hoje na Rádio Caraíba e voltaram a tecer duras criticas ao atual governo. Eles afirmaram que o maior problema enfrentado pelos servidores atualmente é o atraso de salários. “O prefeito se organize, organize suas finanças por que se não sair o 13º salário, a prefeitura vai parar,” informaram.

“Hoje é dia cinco, não tem salário, não mandaram comunicado para o sindicato, não mandaram comunicado pra ninguém. Agora estão atrasando o salário dos concursados. Eu já tive mais de seis reuniões com o secretário de Saúde, Washington Sobreira, questionando sobre os servidores da saúde, por que esses servidores estão sendo discriminados e massacrados. Até esse mês o pessoal da Administração e da Educação estavam recebendo até o dia primeiro e o pessoal da Saúde recebendo dia 6, dia 7. Hoje todos os servidores concursados recebem com atraso”, disse Nonato.
Quanto ao salário de outubro, os sindicalistas informaram que vão esperar até quinta-feira (07). "Tá dado o recado ao prefeito e a todos os secretários: se não sair o pagamento eu não vou me responsabilizar mais por nada. Quem vai decidir sãos trabalhadores, por que eles não podem trabalhar de barriga vazia. Não sei o que está acontecendo com a secretaria de Finanças do município. Por que atrasa empréstimo, atrasa pagamento, atrasam contratados, atrasa os credores, enfim atrasa tudo. Ai fica complicado", afirmou.