15 de outubro de 2013

Brasileiro propõe criação da Semana Estadual da Família


O fortalecimento da família a partir de ações articuladas entre o Estado, as igrejas e entidades representativas da sociedade civil. Este é o objetivo do projeto de lei apresentado na Assembleia Legislativa pelo deputado Carlos Brasileiro (PT), que institui a “Semana Estadual da Família” na Bahia. A proposta prevê a realização, no período, de diversas atividades que busquem promover o bem estar físico, social, educacional e psicológico das famílias baianas.


Para Brasileiro, a sociedade globalizada sofre uma forte perda de virtudes sociais, com crescimento da agressividade, da violência, do enfraquecimento das relações familiares, com acirramento do individualismo. “Observa-se uma certa degradação, além de tendências a reduzir a capacidade educativa das famílias: as crianças passam cada vez menos tempo com os pais, que muitas vezes se vêem obrigados a fazer horários de trabalho incompatíveis com os cuidados familiares. Por outro lado, são exaltados direitos individuais, mas reduzida a solidariedade entre àqueles que, segundo modelo constitucional, deveriam ser os protagonistas de todo o processo de transformação”, afirmou o deputado.

Pela proposta de Carlos Brasileiro, a Semana da Família deverá contar com a participação e cooperação do Governo Estadual, das Instituições Religiosas e da Sociedade Civil Organizada. Além das ações governamentais na área de saúde, educação e promoção de direitos, as atividades englobariam ainda congressos, simpósios, palestras, exposições, exibição de material audiovisual e atividades lúdicas, visando o debate de assuntos ligados à família e a contextualização acerca de novos temas que impliquem nas mudanças de paradigmas sociais.

O projeto foi elaborado a partir de discussões junto com representantes de instituições religiosas e de entidades da sociedade civil organizada, atuantes na questão da família. Caso aprovada a proposta, será definida anualmente a data do evento, sendo que uma comissão organizadora será definida três meses antes da realização da semana.