14 de outubro de 2013

Bancários retomam hoje ao trabalho após fim da greve de 23 dias

Agência do Bradesco em Bonfim
Os bancários decidiram aceitar a proposta das instituições financeiras de reajuste de 8% nos salários - 1,82% de ganho real acima da inflação. Com isso, os trabalhadores voltarão ao trabalho a partir de hoje (14). Pelo acordo, os bancários grevistas vão trabalhar uma hora a mais por dia até 15 de dezembro. A dúvida fica por conta do retorno ao trabalho dos funcionários da Caixa Econômica e Banco do Nordeste, que ainda discutem esta compensação de horas.

A greve deste ano foi a mais longa desde 2004 - ao todo, foram 23 dias parados. Os trabalhadores avaliam que a paralisação deste ano foi "uma das mais fortes dos últimos anos". Segundo o sindicato, ao todo 828 agências estavam paradas na Bahia no final da greve, cinco delas em Bonfim.

Com a proposta aceita, o reajuste é de 8% (1,82% de aumento real) e o piso dos bancários terá aumento de 8,5%. Também foi acertado aumento de 10% sobre a parcela fixa da Participação nos Lucros e Resultados e uma elevação de 2% para 2,2% no percentual de lucro que deverá ser distribuído pelos bancos.