30 de setembro de 2013

Frota de motos em Bonfim aumentou 329% em dez anos

A população de Senhor do Bonfim registrou um crescimento de 31% nos últimos 10 anos, atingindo hoje 80 mil habitantes. Mas, o número de motocicletas circulando pelo município registrou um salto extraordinário, no mesmo período, de nada menos que 329%. Em 2003, eram 1.509 motos, segundo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Este número já chegou a 6.482. Pelas ruas de Bonfim, é possível perceber como a paisagem no trânsito mudou, assim como o número de acidentes.

Segundo apurou a reportagem do Bonfim Agora, a frota total de automóveis também cresceu na última década, mas numa velocidade bem menor que a de motocicletas. O aumento foi de 132%, passando de 3.290 para 7.642 carros. Este número não inclui caminhões, ônibus, micro-ônibus, tratores e outros tipo de veículos.


O aumento do poder de compra do consumidor, a ascensão da classe média e a facilidade de crédito, com juros baixos e prazos mais alongados, facilitou a aquisição dos veículos. Até mesmo na zona rural, os cavalos e as mulas estão sendo substituídos pelo transporte mais rápido e mais confortável: a moto. A cada ano são vendidas cerca de 700 motos em Bonfim, quase duas por dia. A situação preocupa as autoridades de trânsito, em relação ao número de acidentes, o que exige programas e campanhas de educação para mais atenção e cuidado no trânsito. Afinal, a grande maioria da população ainda anda a pé, no dia a dia.

O Coordenador do DMtrans de Senhor do Bonfim, Augusto Cesar Salgado, destacou que não é a quantidade que preocupa, mas o excesso circulando, sobretudo de moto-táxis. A legislação estabelece uma quantidade de uma moto-táxi para cada 300 habitantes, ou seja, Bonfim deveria ter 266 em atividade. O Município, no entanto, estabeleceu a quantidade de 350. Mas, a estimativa é que mais de 500 então em atividade como moto-táxi somente na sede.