24 de julho de 2013

Dominguinhos estava incomodado com mudanças no São João

Em uma entrevista concedida ao jornal a A Tarde, em 21 de junho de 2009, o cantor e sanfoneiro Dominguinhos - que faleceu ontem em São Paulo, aos 72 anos - já mostrava incômodo com o que estava acontecendo nos festejos juninos de algumas cidades do Nordeste. "O São João está mudando muito. Talvez as prefeituras devessem rever sua grade, dando oportunidade maior para as pessoas mais engajadas na festa”, afirmou o sanfoneiro na época.


O título da matéria era "O SÃO JOÃO ESTÁ MUITO MUDADO". A repórter dizia no texto que, de temperamento calmo e sempre aberto às novas informações musicais, Dominguinhos era do tipo que cumpria seu ofício com doçura e simplicidade. Mas não fechava os olhos para as “aberrações“ que a festa junina tem ganhado, como ele diz. “Sou sempre a favor da inovação, mas não da deturpação", afirmou.

O veterano forrozeiro considerava que o São João deveria ser mais preservado na sua tradição. A falta de qualidade musical e a estética dos shows de alguns grupos, confessa, o incomodava. “O mal gosto que a gente ouve nas rádios e vê na TV e nos palcos é de chamar a atenção. Tem banda que diz: agora, vamos ver as raparigas todas desse lado. Isso é coisa que se diga para o público? E os figurinos, que parecem mais que são da Playboy?”, critica. Na entrevista disse que tinha muita gente fazendo o verdadeiro São João, mas havia muita coisa que não tinha nada a ver com o forró. "Acho que é porque eles ainda não encontraram um outro nome para batizar o que estão fazendo”, ironizou, na sua sutileza.