13 de maio de 2013

Médico aponta anabolizantes como causa de complicações em Netinho

O cantor Netinho já respira naturalmente, sem a ajuda de aparelhos. Mas o quadro continua grave. Ontem em matéria no programa Fantástico, da Rede Globo, médicos apontaram que é provável que tenha havido o uso de algum medicamento que inclusive já havia sido prescrito pra ele pra estimular o crescimento muscular, como hormônios anabolizantes. Várias substâncias que são utilizadas para a fisicultura. E eventualmente algumas que são utilizadas também supostamente para reverter ou deter o envelhecimento.

“Essas drogas podem produzir dilatações no sistema muscular do nosso fígado”, explica o médico Flair Carrilho. Esse coquetel tóxico, segundo os médicos fez com que os vasos do fígado de Netinho se dilatassem. As substâncias também dissolvem os coágulos que ajudam a estancar o sangue. Com isso, ocorrem hemorragias. A equipe médica do Hospital Aliança, de Salvador, diz que soube do uso do coquetel só depois da complicação na biópsia. “Nós não tivemos todas as informações necessárias para alguns procedimentos ou alguma possíveis precauções de procedimentos imediatos”, conta Dr. Jackson Noya.

O drama de Netinho começou no mês passado, em Salvador, na Bahia. Tudo começou com uma dor forte na coxa direita. Netinho, praticante de musculação, sentiu a perna após um treino. Procurou a emergência de um hospital no dia 18 de abril. Depois de uma série exames, os médicos constataram uma lesão incomum: o rompimento do músculo ilíaco.