15 de maio de 2013

Abatedouros de frango de Bonfim estão irregulares e poderão ser todos fechados

Todos os abatedouros de frango de Senhor do Bonfim apresentam irregularidades e poderão ser fechados. A informação foi dada por Marcelo Rodrigues Silva, coordenador da Vigilância Sanitária do município, durante entrevista ao programa Canal Aberto, da Rádio Caraíba. Segundo ele, este tipo de estabelecimento tem que apresentar o Selo de Serviço de Inspeção Estadual (SIE), o que não ocorre.

O coordenador afirma já ter entrado em contado com o escritório regional da Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), responsável pela inspeção animal. “Dr. Valtércio, que é o veterinário responsável por essa questão, está avalizando e em um curto espaço de tempo todos esses abatedouros de frango serão fechados definitivamente", afirmou Marcelo Silva. Ele alertou aos abatedouros de aves de Bonfim que quiserem se legalizar que devem procurar com urgência o escritório regional em Juazeiro para obter o selo. "Caso contrário, serão todos fechados”, alertou.

Marcelo Silva alertou ainda que o problema vem acontecendo desde o transporte de aves, que, em geral, são provenientes do Recôncavo e da região de Feira de Santana. "Segundo denúncias, o chamado Guia de Transito Animal (GTA) está saindo como se esses animais fossem destinados a recria e não para abate. Mas, se esses animais saem destinados ao abate, esses caminhões não poderiam deixá-los em qualquer lugar. Teria que ser em local inspecionado pela ADAB, com critérios técnicos de inspeção e higiene e que possuam o Selo de Serviço de Inspeção Estadual (SIE), informou.O coordenador disse também ter informado a ADAB sobre a possível irregularidade na autorização do transporte.