4 de abril de 2013

Professores do Município voltam a reclamar de redução nos salários

Janilson Torquato
O vice-presidente da Associação dos Docentes de Senhor do Bonfim (ADESB), Janilson Torquato, afirmou que o acordo com o Governo Municipal, incluindo vários itens reivindicados pela categoria, não foi cumprido. Ele explicou que os professores continuam com os vencimentos reduzidos, o que ficou evidenciado ao receberem os salários este mês. 


Segundo Torquato, após a manifestação realizada no dia 13 de março, contra o fim do direito do enquadramento, uma comissão foi formada e se reuniu com o prefeito Edvaldo Martins Correia, com o secretário de Administração Marcos Conceição, com representantes da Secretaria de Educação e a Assessoria Jurídica da Prefeitura. Ele explicou que foi acordado que a vantagem de regência de classe, retirada dos professores nos meses de janeiro e fevereiro, seria devolvida em março e que o desdobramento seria pago. Outra questão que também teria sido acordada foi em relação às salas multi-seriadas, que tiveram a suspensão no mês de janeiro, e seriam integralizadas.

“A regência de classe não foi devolvida. Foi seqüestrada mais uma vez, e isso é incompreensível. Fizemos contato com a secretária de Educação, Fabiana Neves, que também se manifestou também pasma com a situação”, informou.  Ainda segundo Janilson Torquato, a tendência do Índice de Desenvolvimento da educação Básica (Ideb) em Bonfim é cair. “Não por culpa dos professores, mas por toda a conjuntura operacional e a irresponsabilidade do governo municipal”, afirmou.