26 de abril de 2013

Moradores próximos ao Canal da Malária estão temerosos


Pouco mais de 10 dias após o inicio das chuvas, Senhor do Bonfim começa sofrer os efeitos destas. Na região próximo ao Canal da Malária, moradores estão temerosos. É que a força das água levou parte do paredão de concreto. Um trecho de aproximadamente 20 metros está destruído, avançando para as calçadas e, conseqüentemente, para as casas que ficam as margens do córrego.




Na Rua Pitangui, no bairro Luis Eduardo Ma­galhães (Alto do Cigano), os moradores temem que, se não forem realizados logo os serviços de contenção, o canal avence cada vez mais e derrube as residências. de acordo com as famílias, este é um problema antigo. “Conviver com o mau cheiro é insuportável. Existe o perigo constante para as crianças que brincam na rua, que podem cair no esgoto e pegar uma doença. Mas, agora, o maior problema é quando chove. A água sobe e está invadindo as casas”, afirmou o morador Fabrício Macedo.