6 de março de 2013

Vocalista do Charlie Brown Jr é encontrado morto em SP

O cantor Alexandre Magno Abrão, o Chorão, da banda Charlie Brown Jr, foi encontrado morto em um apartamento na Zona Oeste de São Paulo. Ele tinha 42 anos. Chorão era um dos mais polêmicos cantores e compositores do rock nacional. Em 15 anos de carreira, colecionou sucessos como "Proibida pra mim" e "Zóio de lula" e brigas com outros músicos, inclusive da sua banda. Era também muito ligado ao skate - praticava o esporte e chegou a fundar uma pista. Chorão foi encontrado desacordado pelo seu motorista, que acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A unidade de resgate constatou que ele já estava morto. A Polícia Militar disse ter recebido um chamado às 5h18 para "verificação de morte natural em um apartamento". Chorão morava no oitavo andar do edifício na Rua Morás, em Pinheiros. O corpo foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML) por volta das 8h30.
O delegado Itagiba Vieira, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), investiga o caso. "Aparentemente não foi homicídio. O IML é que vai dar a causa da morte. Aparentemente ou foi por uso de medicamento ou outra substância", disse. Segundo ele, o apartamento estava muito danificado. Itagiba acredita que os danos tenham sido feitos pelo próprio cantor, já que o corpo foi encontrado com um dedo machucado e havia marcas de sangue no local.